quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Mainá de Crista

(Acridotheres cristatellus)

Também conhecido por Mainato de Poupa, é oriundo do sudeste asiático e fixou-se em portugal Continental a partir da década (19)90, onde passou a residir e a nidificar em liberdade. Pode ser observado na região da Grande Lisboa. Na margem Norte do Tejo tem sido frequentemente encontrado na Zona de Belém e em toda a Costa do Estoril, com particular relevância para Oeiras. Na margem Sul pode ser visto em Corroios, no Barreiro e ainda na Península de Setúbal,  nomeadamente no Cabo Espichel e Azeitão.

Tem cerca de 25 cm de comprimento.

É, por vezes, confundido tanto com o estorninho preto como com o melro preto. Distingue-se deles pelas patas amarelas, pelo olho amarelo, pelo tufo de penas (poupa) junto á base do bico e pelas manchas brancas nas asas. São exactamente essas manchas que, em voo, o permitem facilmente identificar e diferenciar de todas as outras espécies.

Alimenta-se de frutas, larvas e insectos. 

Reino:        Animalia
Filo:           Chordata
Classe:       Aves
Ordem:      Passeriformes
Família:     Sturnidae
Género:     Acridotheres
Espécie:    A. Cristatellus

                             
                                  Imagens captadas no Jardim do Ultramar, Figueirinha, Oeiras







Enviar um comentário