domingo, 20 de maio de 2012

Flamingo (Flamingo-rosado)

(Phoenicopterus roseus)

Até  à década de (19)80 era muito raro verem-se flamingos em Portugal. A partir desta altura passaram a observar-se, nas zonas húmidas pouco profundas, grandes bandos, que actualmente chegam a ter centenas de indivíduos.

 Esta é de todas a maior espécie de flamingos, com o pescoço e pernas muito longos, podem medir de altura entre 110cm a 150cm, ter uma envergadura de 140cm a 170cm e  pesar entre 2 a 4 Kg. A plumagem tem um tom cor-de-rosa, que se nota mais durante o voo, originada pela ingestão de alimentos ricos em carotenóides. Enquanto descansam imobilizam-se e dobram uma das patas mantendo-a junto ao peito enquanto a outra sustenta o corpo em impressionante equilíbrio.

Alimentam-se, por filtragem, de algas, pequenos crustáceos e moluscos. Os estuários, os arrozais e as lagoas junto à costa constituem os seus habitats preferidos. Os ninhos, feitos pelas fêmeas, são altos. A postura é de apenas dois ovos que demoram 30 dias a eclodir. A nidificação não ocorre todos os anos dependendo de diversos factores nomeadamente o nível das águas das zonas que habitam.

A África, o Sul da Europa e a Ásia ocidental constituem as principais áreas de distribuição de flamingos. Podem observar-se por cá durante todo o ano mas não nidificam no nosso País, sendo originários das colónias espanholas (Laguna de Fuente de Piedra, em Málaga e Doñana, em Huelva)        e francesa (Camargue). 

 Em Portugal na região Centro podem observar-se nas Ria de Aveiro, no estuário do Mondego e na lagoa de Óbidos. Na zona de Lisboa e Vale do Tejo podemos vê-los no estuário do Tejo nas lezírias da Ponta da Erva, em Pancas, no sítio das Hortas e na Ribeira das Enguias; podem também, por vezes ser vistos na margem Direita do Tejo, no Parque do Tejo e nas salinas de Alverca. No Alentejo é o estuário do Sado o melhor sítio para os ver podendo também ser avistados na lagoa de Santo André e na lagoa dos Patos. No Algarve podem ver-se no Ludo, na reserva de Castro Marim, no rio Alvor, no estuário do Arade e na lagoa dos Salgados.




Reino:  Animalia
Filo:     Chordata
Classe: Aves
Ordem: Phoenicopteriformes
Família: Phoenicopteridae
Género: Phoenicopterus
Espécie: P. roseus


                                                Imagens captadas em Alcochete











:
Enviar um comentário