quarta-feira, 9 de junho de 2010

Saúde e Movimento Em Oeiras






Integrado nas festas de Oeiras e no programa "Mexa-se Mais", a CMO promoveu mais uma iniciativa de disponibilização da Estrada Marginal aos munícipes que dela puderam livremente fruir entre as dez e as treze horas do passado dia 6. Por esse motivo foi cortado o trânsito a viaturas automóveis durante aquele período.
De bicicleta, triciclo, patins, skate, mas sobretudo a pé a marginal rapidamente se viu preenchida com uma grande moldura humana ao longo dos cerca de 10 quilómetros que separam Algés da Praia da Torre. Via-se gente de todas as idades, desde passageiros de carrinhos de bebé até anciãos apoiados em cajados.
Iniciativas destas são, a todos os títulos, meritórias já que constituem um óptimo antídoto ao sedentarismo de que sofrem a maior parte dos habitantes dos grandes centros urbanos. 
É um lugar-comum afirmar-se hoje que a prática da actividade física faz bem à saúde. É por isso que, os ginásios e os healthclubs são cada mais frequentados. Só que, como é por de mais sabido, essa prática só é acessível a uma minoria priveligiada, que aufere proveitos muito superiores à esmagadora maioria da população nacional. Neste contexto iniciativas como esta revestem-se ainda de maior importância, e provam que, de facto, a actividade física é acessível a todos sejam eles pobres, ricos ou remediados.
Também não deve ser descurado outro aspecto também ele de grande relevância. Claro que estou a pensar na quantidade de CO2 e outros poluentes que, por força destas iniciativas, deixam de ser lançadas para a atmosfera! 
Ouvem-se já muitas opiniões que apontam no sentido de sugerir a quem de direito que se devem fomentar  iniciativas deste género com maior regularidade. Muito bem, mas também não devemos ignorar que o corte do trânsito pode causar transtornos a muita gente, se bem que neste caso concreto este aspecto seja minimizado pela existência da A5. Por outro lado, também não deve ser ignorado que muitas das actividades fìsicas que estas iniciativas prporcionam podem ser feitas no Passeio Marítimo.

A  verdade é que os Oeirenses, no panorama nacional, são mesmo priveligiados.

Um dia destes talvez nos encontremos na Marginal ou, quem sabe, no Passeio Marítimo!

Tenha muita saúde e até lá

Jogilbo































Enviar um comentário